Projeto de Vida

Tentamos a todo custo assumir as rédeas das nossas vidas e, como em um jogo de xadrez, planejar os próximos passos. O engraçado é que as possibilidades de movimentos são infinitas e acabamos nos deparando com situações imagináveis.

Outro dia por exemplo, achei um livrinho feito por mim na oitava série cujo título era: “projeto de vida”. Nele eu contava quais as minhas aspirações para o futuro, como eu me enxergava dali ha 10 anos. Para aquela Fernanda de 15 anos, a Fernanda de 25 estaria formada em biologia e possivelmente indo para uma especialização em biologia marinha. Mesmo amando o mar eu nunca fiz biologia. Hoje (aos 26) sou formada em Direito.
Fico me perguntando quanto daquela Fernanda da oitava série ainda existe em mim e o que, hoje, eu poderia falar para aquela menina de cabelo bagunçado que adorava ver o pôr do sol sobre as árvores do quintal?

Sei lá, queria abrir um livro agora e escrever com cuidado cada detalhe de como será daqui pra frente. Gostaria de prometer que vou me esforçar para ser uma boa pessoa, que eu tentarei aprender mais coisas para poder ensinar e que eu não quero ser escrava do trabalho. Mas infelizmente, tudo que estou vivendo agora é incerto e amedrontador.

image

Sinto como se estivesse no topo de uma montanha russa; naquele momento em que o carrinho está prestes a descer. Meu coração acelera, minha mão congela e a vontade que eu tenho é de fechar os olhos e gritar. Ahhhhhhhhhhhh….

image

Mas a vida não me permite gritar. Sou gente grande agora!