Senti um aperto. Não era um aperto comum, era um aperto forte, brutal, maldoso, que vinha com intenção de destruir, devastar tudo aquilo que um dia existiu. Era o fim. O fim mais doloroso que alguém pudera sentir, com gosto de lágrimas e sangue, de palavras que não foram ditas ou gestos que ficaram contidos. Uma escuridão dolorosa e vazia, onde não encontrei uma mão de conforto se quer. Anos escorrendo pelo ralo do banheiro em minutos. Medo e dor, era tudo o que conseguia sentir naquele momento. Era o fim. O fim de tudo, o fim de nada. Fiquei só. Tornei-me uno, vazia e dura. E é assim que deve ser…

Anúncios

2 comentários sobre “

deixe um rabiiisco seu

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s